Faculdade CNA lança desafio para dar um ano de mensalidades grátis

Serão dois vencedores: um aluno veterano dos cursos de graduação e outro estudante calouro

A Faculdade CNA, instituição de ensino superior voltada ao setor agropecuário, lançou um desafio de vídeos para presentear dois estudantes com um ano de mensalidades grátis.

Os interessados têm até o dia 1º de fevereiro para participar com as seguintes regras: gravar um vídeo de até um minuto, com o celular na horizontal, respondendo por que querem estudar na Faculdade CNA.

Os participantes precisam postar o vídeo no feed de sua rede social (Instagram/Facebook) e marcar os perfis da Faculdade CNA e do Sistema CNA na publicação. Para validação no desafio, é necessário que o perfil esteja no modo público nas redes sociais e o participante utilize a hashtag #DesafioFaculdadeCNA

Serão dois vencedores: um aluno veterano dos cursos de graduação e outro estudante calouro. Caso o vencedor ainda não esteja matriculado, é fundamental que tenha sido aprovado no processo seletivo.

O desafio terá duas etapas de seleção. Na primeira etapa, uma comissão julgadora irá selecionar os quatro vídeos mais criativos. Em seguida, os seguidores da Faculdade CNA irão escolher os dois ganhadores.

O resultado do desafio será divulgado no dia 8 de fevereiro.

Cursos – Estão abertas as inscrições para a seleção dos cursos de graduação a distância em Gestão do Agronegócio (3 anos), Gestão Ambiental (2 anos), Gestão de Recursos Humanos (2 anos) e Processos Gerenciais (2 anos) da Faculdade CNA.

Os interessados em cursar o ensino superior têm até o dia 24 de fevereiro para efetivar a inscrição pelo site www.faculdadecna.com.br. A mensalidade custa R$ 179 e as aulas terão início em março.

São três formas de ingresso: quem já é graduado participará da seleção por meio de análise documental. Os demais podem optar pelo vestibular online por meio de prova de Redação ou utilizar o resultado do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) dos últimos três anos – com nota igual ou superior a 250 pontos.

Na inscrição é necessário escolher um dos polos distribuídos nos estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Tocantins.

Fonte: CNA