(63) 98447-6190 tocantinsrural.brasil@gmail.com
21/09/2020

Contratação de Crédito Rural no Estado tem alta em julho e agosto

Por Leide Theophilo/ com edição do Tocantins Rural

Mesmo diante da pandemia do novo Coronavírus, a contratação de Crédito Rural no Estado junto ao banco saltou, consideravelmente, nos meses de julho e agosto deste ano
 

Na manhã da úlima sexta-feira (18), durante reunião via videoconferência realizada com o superintendente Regional do Banco no Tocantins, Raul Abu Bakr Mohamed Wahbe, o secretário da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura e presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural, Thiago Dourado, e demais diretores, Raul Abu apresentou alguns serviços atrativos que estão sendo oferecidos para os produtores.

Para a safra 2020/2021, o Banco do Brasil aplicou um volume recorde de recursos para crédito, chegando a R$ 103 bilhões para todo o país. Deste montante, foram destinados, ao Estado do Tocantins, R$ 2,5 bilhões para que produtores rurais invistam na atividade agrícola.

Mesmo diante da pandemia do novo Coronavírus, a contratação de Crédito Rural no Estado junto ao banco saltou, consideravelmente, nos meses de julho e agosto deste ano. Conforme relatório apresentado pela instituição financeira, em uma comparação com o ano passado no custeio, houve um aumento de 5,93% a mais, sendo em Investimento 75,06%; na comercialização, 13,50%; perfazendo um total de 17,47% de evolução.

Segundo Thiago Dourado, os números mostram que os produtores a cada dia, a cada safra têm superado as adversidades.

Os projetos que estão vinculados à Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC) saltaram de 67 contratos para 147, um aumento de 47,05%, que vão contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa e ajudar na preservação dos recursos naturais, e assim melhorar a produção sem comprometer o meio ambiente.

 

Taxas para os produtores

O Banco do Brasil vai operar com as taxas anunciadas no Plano Safra do Ministério da Agricultura (Mapa). Pequenos produtores rurais, no âmbito do Pronaf, terão juros que variam de 2,75% a 4% ao ano, de acordo com o que se enquadrar o produtor.

Para os médios produtores rurais vinculados ao Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp), as taxas de juros praticadas foram reduzidas para 5% ao ano – ante 6% na safra anterior. Para os grandes produtores, a taxa de juros será de 6% ao ano.

Fonte: Seagro

Tempo

Eventos

NOSSOS PARCEIROS

Atendimento

Segunda a Sexta das 8h às 18h

(63) 8501-8498

Siga-nos

Entre em contato com a redação do Tocantins Rural. Email: tocantinsrural.brasil@gmial.com Telefone: (63) 98501- 8498 Whatsapp: (63) 98447-6190
Copyright © 2019 - Tocantins Rural - Todos os direitos reservados.