(63) 98501-8498 redacao@tocantinsrural.com.br
21/02/2020

Custo de produção leva avicultores a aumento do preço

da redação

Como típico para segunda quinzena de mês, a demanda doméstica por carne de frango está enfraquecida, de acordo com pesquisas do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP). Apesar disso, as cotações do animal vivo apresentaram reação nesta semana, após terem recuado por três meses consecutivos.

Segundo colaboradores do Cepea, os altos preços do milho e do farelo de soja, importantes insumos da atividade avícola, têm levado muitos produtores a reajustarem positivamente os valores do animal para abate. Ressalta-se que essas altas nos valores do animal estão na “contramão” do movimento observado para a carne de frango, que registra estabilidade em meio ao cenário de baixa liquidez.
 
Vale lembrar que, de acordo com pesquisas do Cepea, de novembro de 2019 a janeiro deste ano, o cenário no setor era o inverso, com altas sendo verificadas nos preços da carne e os valores do frango vivo registrando estabilidade e/ou queda. No mercado da carne de frango, a proximidade do carnaval dificulta ainda mais as vendas na maioria das regiões. A lentidão nos negócios tem resultado em certa estabilidade nos preços, tanto do frango inteiro quanto da maioria dos cortes.
 
Com informações de Agrolink | Foto: Agência Brasil

Tempo

Eventos

NOSSOS PARCEIROS

Atendimento

Segunda a Sexta das 8h às 18h

(63) 8501-8498

Siga-nos

Entre em contato com a redação do Tocantins Rural. Email: redacao@tocantinsrural.com.br Telefone: (63) 98501- 8498 Whatsapp: (63) 98501- 8498
Copyright © 2019 - Tocantins Rural - Todos os direitos reservados.