(63) 98447-6190 tocantinsrural.brasil@gmail.com
19/10/2020

Tocantins avalia desempenho produtivo do café no Estado

Por Edvânia Peregrini/ com edições do Tocantins Rural
Imagem: Ruraltins
Imagem: Ruraltins

Pensando na crescente demanda de consumo do café no mundo, o Estado está iniciando trabalhos para avaliação do desempenho produtivo do café

A cafeicultura é uma das culturas mais antigas do Brasil. E a bebida, produzida a partir da torrefação dos grãos, e consumida em todo o mundo está com projeção de crescimento para os próximos anos, apresentando como atividade promissora ao produtor que se adequar às novas tecnologias de produção.

Pensando nessa crescente demanda de consumo do café no mundo, Tocantins está iniciando trabalhos para avaliação do desempenho produtivo do café no Estado. Para isso, a equipe realiza visita a algumas propriedades para a instalação de Unidades de Referência Tecnológica (URT) para o cultivo do café Robusta da Amazônia, variedade que pode ser cultivada em regiões de menores altitudes e com temperaturas mais elevadas.

Segundo o diretor de diretor de Pesquisa e Inovação do Ruraltins, Kin Gomides, a ideia é pegar as regiões de altitude mais elevadas no Estado, pensando em estratégias para as pequenas e médias propriedades em trabalhar uma atividade que demanda mão-de-obra em curto período e em uma cadeia produtiva específica, trazendo mais oportunidades para as unidades de produção e também pensando no mercado de turismo, atraindo pessoas interessadas em consumir bebidas finas, produto regionalizado.

Para a instalação das URTs, além das visitas, a equipe se prepara para receber as mudas, que serão fornecidas pela Embrapa de Rondônia, instituição que produz sementes de acordo com as normas da Comissão Estadual de Sementes e Mudas de Rondônia (CESM-RO).

O técnico, Raimundo Rocha, analista de transferência de tecnologia da Embrapa, conta que está com uma unidade de observação instalada na Unitins, com 100 mudas de café, fruto de uma visita ao estado de Rondônia.
A equipe já visitou duas propriedades, uma na fazenda Mangaba, em Taquaruçu, distrito de Palmas; e outra em Monte do Carmo, a 89 km da Capital, na fazenda Adriano II.

Entusiasmado com a oportunidade de ser uma das unidades demonstrativas, o produtor Lourisval Adriano Filho mostrou a área que já tem preparada para o cultivo irrigado, e que poderá ser aproveitada no plantio do café. “Preparamos esta área para melancia e milho, e nos dispomos também a ser parceiro do Ruraltins e da Embrapa nesse projeto/experimento de café. Acreditamos que, com esta área e as devidas orientações e o acompanhamento técnico, o resultado é certo”, afirma o produtor.

Fonte: Ruraltins

Tempo

Eventos

NOSSOS PARCEIROS

Atendimento

Segunda a Sexta das 8h às 18h

(63) 8501-8498

Siga-nos

Entre em contato com a redação do Tocantins Rural. Email: tocantinsrural.brasil@gmial.com Telefone: (63) 98501- 8498 Whatsapp: (63) 98447-6190
Copyright © 2019 - Tocantins Rural - Todos os direitos reservados.