(63) 98447-6190 tocantinsrural.brasil@gmail.com
14/01/2021

Tocantins discute parceria com ONG para desenvolver o extrativismo da macaúba no Estado

Por Edvânia Peregrini/ com edições do Tocantins Rural

Na parceria, a ONG assumiria os investimentos necessários para o plantio da macaúba, enquanto que o produtor entra com a terra e com a mão de obra para o replantio e os tratos culturais

Nesta quarta-feira (13), o presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Fabiano Miranda, recebeu o consultor da ONG Mãos que Plantam, Peter Oliveira. A visita teve como finalidade buscar apoio institucional para expandir o Projeto Macaúba na área da Amazônia Legal, visando o plantio e extrativismo da palmeira como alternativa sustentável para a agricultura familiar.

Segundo o consultor, esse projeto vai receber mais R$ 500 milhões em investimento para os próximos dez anos, principalmente pelo Banco Mundial, e despertando o interesse de grandes organizações interessadas em investir neste projeto.

Nesta parceria com a agricultura familiar, a ONG assumiria os investimentos necessários para o plantio da macaúba, enquanto que o produtor entra com a terra e com a mão de obra para o replantio e os tratos culturais.

Atento à proposta, o gestor, Fabiano Miranda, acompanhando do diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural, Marco Aurélio Gonçalves, afirmou que esse projeto é uma oportunidade para expandir o trabalho do órgão, de implantar um sistema agroflorestal ou Silvipastoril, como uma dinâmica entre as atividades agropecuárias.

Ao final do encontro, ficou acordado que a ONG vai elaborar uma proposta de parceria, que será apresentada e analisada para que seja definida qual a contrapartida do órgão rural.

O projeto Macaúba é desenvolvido pela INOCAS – Soluções em Meio Ambiente, startup que produz óleo vegetal sustentável de macaúba, e agora, no Tocantins, vai contar com a parceria da ONG Mãos que Plantam para expandir a área de plantio. A ONG já desenvolve os projetos Reflorestar, Baru Brasil e Pequi do Cerrado.

O projeto piloto da INOCAS está localizado na região do bioma cerrado no Alto Paranaíba, Minas Gerais.

Fonte: Ruraltins

Tempo

Eventos

NOSSOS PARCEIROS

Atendimento

Segunda a Sexta das 8h às 18h

(63) 8501-8498

Siga-nos

Entre em contato com a redação do Tocantins Rural. Email: tocantinsrural.brasil@gmial.com Telefone: (63) 98501- 8498 Whatsapp: (63) 98447-6190
Copyright © 2019 - Tocantins Rural - Todos os direitos reservados.