(63) 98447-6190 tocantinsrural.brasil@gmail.com
10/12/2020

Tocantins recebe prêmio na XX Jornada de Iniciação Científica

Por Elmiro de Deus/ com edições do Tocantins Rural

A premiação foi recebida pela Seagro juntamente com a FAPT em terceiro lugar com o projeto de pesquisa “Integração de sistema agroecológico e meliponicultura”

Uma das gratas surpresas no segmento da pecuária, neste final de ano, é a premiação recebida pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (FAPT), em terceiro lugar com o projeto de pesquisa “Integração de sistema agroecológico e meliponicultura”, desenvolvido ao longo de 2019.

A pesquisa focou no levantamento dos recursos florais nativos e cultivados de forrageio pelas abelhas sem ferrão desenvolvida no Terraquarium, “Meliponário Educador”, no ambiente Cerrado, instalado no Centro Luterano Universitário de Palmas (CEULP/ULBRA). A premiação foi concedida pelo centro acadêmico durante a XX jornada de Iniciação Científica, em Palmas.

A pesquisa buscou embasamento no levantamento fitossociológico das espécies de abelhas arbóreas nativas do Cerrado e, posteriormente espécies cultivadas: frutíferas, madeireiras, olerícolas, culturas anuais, plantas medicinais e Plantas Alimentícias não Comestíveis (PANC) espontâneas.

Na sequência a observação focou na caracterização das espécies com recurso floral para forrageio, por meio literário, tendo com parâmetros a família e nome científico. Na ocasião foram identificadas 96 espécies vegetais em 41 botânicas. Notou-se a prevalência de espécies originadas pelo cultivo e nativas do Cerrado, possibilitando a área estuda a implementar uma meliponcultura.

De acordo com a médica veterinária da Seagro, Érika Jardim, essa premiação é graças ao edital 001/2018 firmado entre a Seagro e FAPT para receber o material de apicultura e meliponicultura e, assim, fomentar essa atividade no Estado.

Para a professora e orientadora, Conceição Aparecida Previero, esse prêmio (troféu), ou seja, o resultado final dessa pesquisa servirá para desenvolver ações no âmbito do ensino, pesquisa e extensão, por meio de vivências e práticas com a comunidade acadêmica, estudantes, comunidades tradicionais e agricultores familiares.

Vocação

A professora destaca ainda que o Estado do Tocantins está inserido na região da Amazônia Legal, numa das áreas brasileiras que mais sofre pressões devido ao impacto ambiental.

A pesquisa foi realizada pela acadêmica do curso de Biomedicina, (CEULP/ULBRA), Layane Souza Barros, orientada pela professora, Conceição Aparecida Previero.

Tempo

Eventos

NOSSOS PARCEIROS

Atendimento

Segunda a Sexta das 8h às 18h

(63) 8501-8498

Siga-nos

Entre em contato com a redação do Tocantins Rural. Email: tocantinsrural.brasil@gmial.com Telefone: (63) 98501- 8498 Whatsapp: (63) 98447-6190
Copyright © 2019 - Tocantins Rural - Todos os direitos reservados.