China suspende importação de cevada australiana

Pequim também retirou a qualificação de registro da empresa australiana

A China suspendeu as importações de cevada da Austrália CBH Grain, de acordo com um relatório de 1º de setembro da Reuters, citando um aviso na conta do WeChat da alfândega chinesa. A decisão foi tomada depois que pragas quarentenárias foram encontradas nas exportações de cevada da empresa várias vezes, disse a Administração Geral das Alfândegas da China à Reuters.

Pequim também retirou a qualificação de registro da empresa australiana para exportações de cevada para a China, de acordo com o aviso.  Em seu Boletim do Produtor, a CBH disse que as acusações da China eram infundadas.

A ação da China foi realizada em meio a tensões crescentes entre os dois países. Em maio, a Austrália solicitou uma investigação independente sobre as origens da pandemia de coronavírus (COVID-19), que se originou em Wuhan, China, no final de 2019.

Logo depois disso, a China impôs direitos anti-dumping e anti-subsídios totalizando 80,5% sobre a cevada australiana, efetivamente interrompendo um comércio de bilhões de dólares em seu caminho. A China também iniciou recentemente uma investigação anti-dumping sobre as importações de vinho australiano. 

Fonte: Agrolink