(63) 98447-6190 tocantinsrural.brasil@gmail.com
12/03/2021

Espanha manda sacrificar 895 vacas que passaram mais de 2 meses confinadas em um navio

da redação
Imagem: Tallia Shipping Line
Imagem: Tallia Shipping Line

Autoridades desconfiam que os animais estavam infectados pelo vírus da doença da língua azul

Governo espanhol mandou sacrificar 895 vacas que passaram mais de dois meses confinadas em um navio cargueiro no Mar Mediterrâneo – os animais começaram a ser abatidos no sábado (06).

O carregamento partiu para a Turquia ainda em dezembro do ano passado, mas as autoridades do país se recusaram a recebê-lo por suspeitar de uma infecção pelo vírus da doença da língua azul.

A doença, que afeta apenas o gado, não apresenta risco de infecção para humanos e é transmitida por insetos.

Durante mais de dois meses, diversos outros países se recusaram a receber a carga animal que ficou confinada na embarcação Karim Allah, de bandeira libanesa, com comida e água em escassez.

Ativistas pelos direitos animais denunciaram as condições precárias do transporte, e um grupo de veterinários avaliou que os animais se feriram com a longa viagem.

Não está claro se o gado estava realmente infectado, mas o Tribunal Superior de Madri decidiu pela suspensão de uma medida cautelar que impedia o sacrifício do carregamento.

Uma estrutura temporária foi construída dentro do porto de Cartagena para que as equipes sanitárias pudessem sacrificar e carregar as carcaças dos animais em contêineres.

Outra embarcação, o navio Elbeik, também deixou a Espanha em dezembro com cerca de 1,8 mil bovinos e está aportada próximo à costa do Chipre depois de não poder desembarcar sua carga.

O Ministério da Agricultura espanhol informou que segue as normativas europeias que prevêem a venda da carga recusada para outros países de fora do bloco, ou a destruição em seu país de origem.

Representantes do Partido Animalista da Espanha disseram ao "El País" que a operação mostra a "crueldade da indústria pecuária e a cumplicidade da administração pública".

A organização Animal Welfare Foundation denunciou que esse tipo de comércio é pouco controlado e que os animais são "vítimas de arbitrariedades e erros".

Fonte: G1

Tempo

Eventos

NOSSOS PARCEIROS

Atendimento

Segunda a Sexta das 8h às 18h

(63) 8501-8498

Siga-nos

Entre em contato com a redação do Tocantins Rural. Email: tocantinsrural.brasil@gmial.com Telefone: (63) 98501- 8498 Whatsapp: (63) 98447-6190
Copyright © 2019 - Tocantins Rural - Todos os direitos reservados.